O que já foi realizado:

  • 5 escolas construídas
  • Mais de 12 mil atendimentos médicos
  • Mais de 3 mil atendimentos odontológicos
  • Mais de 2 mil crianças beneficiadas com bolsas de estudo
  • Mais de 300 kits escolares, incluindo livros didáticos
  • Mais de 4 mil crianças reunidas para a escola cristã de férias
  • Mais de 200 voluntários envolvidos

Projetos para janeiro de 2020:

  • Mais atendimentos médicos e odontológicos
  • A construção de uma base para receber voluntários
  • Escola cristã de férias
  • Capacitação de professores e doação de materiais

Sobre

Guiné-Bissau é um país da África ocidental com desafios extremos pois dois terços de sua população vive abaixo da linha da pobreza. Seu IDH – Índice de Desenvolvimento Humano, segundo a ONU, é um dos mais baixos do planeta assim como seu Produto Interno Bruto (PIB).

A população de Guiné-Bissau é constituída por mais de vinte etnias com línguas e costumes distintos. O idioma oficial do país é o português, todavia apenas 14% da população fala essa língua, por que o português somente é aprendido na escola e poucos tem acesso à educação, o que traz como resultado uma taxa de analfabetismo de aproximadamente 50% da população.

Além da educação, Guiné-Bissau sofre com uma carência extrema na saúde, onde não há um sistema de saúde pública tal como no Brasil. Educação e Saúde são as nossas duas principais áreas de atuação para promover o desenvolvimento humano em Guiné-Bissau.

Sobre

Guiné-Bissau é um país da África ocidental com desafios extremos pois dois terços de sua população vive abaixo da linha da pobreza. Seu IDH – Índice de Desenvolvimento Humano, segundo a ONU, é um dos mais baixos do planeta assim como seu Produto Interno Bruto (PIB).

A população de Guiné-Bissau é constituída por mais de vinte etnias com línguas e costumes distintos. O idioma oficial do país é o português, todavia apenas 14% da população fala essa língua, por que o português somente é aprendido na escola e poucos tem acesso à educação, o que traz como resultado uma taxa de analfabetismo de aproximadamente 50% da população.

Além da educação, Guiné-Bissau sofre com uma carência extrema na saúde, onde não há um sistema de saúde pública tal como no Brasil. Educação e Saúde são as nossas duas principais áreas de atuação para promover o desenvolvimento humano em Guiné-Bissau.

O que já foi realizado:

  • 5 escolas construídas
  • Mais de 12 mil atendimentos médicos
  • Mais de 3 mil atendimentos odontológicos
  • Mais de 2 mil crianças beneficiadas com bolsas de estudo
  • Mais de 300 kits escolares, incluindo livros didáticos
  • Mais de 4 mil crianças reunidas para a escola cristã de férias
  • Mais de 200 voluntários envolvidos

Projetos para janeiro de 2020:

  • Mais atendimentos médicos e odontológicos
  • A construção de uma base para receber voluntários
  • Escola cristã de férias
  • Capacitação de professores e doação de materiais